Festival Periferias 2021

A par e passo com a Primavera, também o Periferias regressa reinventado.Num espírito de alegria e comemoração do 10º aniversário do Festival Internacional de Artes Performativas, o Periferias está de volta e vai estar presente em quatro momentos do ano a assinalar as suas estações.
A Primavera, está já aí e traz uma programação inteiramente online de 18 a 21 de Março.
O Periferias – Primavera, cumprindo a sua missão de uma década de aproximar criadores, criações e espetadores, irá proporcionar o seu encontro através de espetáculos em direto ou por transmissão, em plataforma Zoom ou na página de Facebook do Chão de Oliva.
Numa programação pensada para todas as idades, o Periferias – Primavera traz teatro, poesia, música, e conversas abertas no âmbito das artes performativas, até à segurança e conforto da casa dos seus espectadores.
Com o despontar da Primavera, o Festival inicia no dia 18 com a peça Bazuca News, do grupo artístico portuense Teatro da Palmilha Dentada, que decorre no disfuncional ambiente dos encontros em Zoom e recria uma entrevista dirigida pela “jornalista Maria Catarro” ao “ministro do ambiente”, num ambiente humorístico, no qual os espectadores são convidados a interagir virtualmente com os atores.
Um outro momento do festival em que promovemos a interação entre o público e os artistas, esbatendo a fixidez dos papeis-tipo de cada um, acontece no dia 19, com um convite para embarcar n’Uma viagem pelo Mundo da Poetry Slam, pelosPoetry Slam Sintra, num encontro de poesia que contará com convidados de vários pontos, como Itália, Guiné e Angola.
O momento musical e de encerramento do Periferias – Primavera, acontece no dia do Equinócio, dia 21, com um concerto único e intimista do músico NBC, que apresentará o seu muito recente álbum Epiderme, criado a solo durante o confinamento.
 
A programação inclui espetáculos pagos e com entrada livre, e a bilheteira dos espetáculos pagos irá reverter para associações culturais, com o objetivo de apoiar artistas e técnicos durante o contexto atual.
Para proceder à reserva do seu lugar envie um email para o endereço indicado na programação do espectáculo a que pretende assistir. Lembramos que mesmo online, as vagas são limitadas.

 
PERIFERIAS – PRIMAVERA  [Programação Completa]
 
Dia 18
Bazuca News | TEATRO DA PALMILHA DENTADA | LIVE
Horas: 21:45
Origem: Porto
Duração: 50’
Classificação: M/16
Para Assistir: bazuca.periferias@gmail.com
Acesso:  €5*
Sinopse:  No programa de grande entrevista do Teatro da Palmilha Dentada desta semana o nosso convidado será o Ministro do Ambiente. Uma entrevista dirigida pela jornalista Maria Catarro. A Maria é uma ótima profissional e preparou-se bem, com questões sobre a extração do lítio, o aeroporto do Montijo, a pobreza energética, isto sem esquecer os perigos do populismo galopante. Mas o Ministro é um político experiente e também se preparou para a entrevista. Assistiu a mais de cinco vídeos sobre a confecção de açorda de camarão e os ingredientes que traz são de primeira escolha. A noite promete. Felizmente o seu super assessor, o Homem Improvável estará por perto para salvar a situação.
 
 
Dia 19
Uma viagem pelo Mundo da Poetry Slam – Poesia Performativa | POETRY SLAM SINTRA | Transmissão & LIVE
Horas: 21:45
Origem: Itália, Angola, Guiné, Portugal, entre outros.
Duração: 60’
Classificação: M/12
Para participar: poetryslam.periferias@gmail.com
Para assistir: Transmissão em Direto no Facebook do Chão de Oliva
Acesso:  Livre
Sinopse:  Guiados pelo Poetry Slam Sintra, os participantes serão levados numa viagem pelo mundo da Poetry Slam. Através da sua história, começada em Chicago na década de 1980, das palavras que juntam convidados de várias geografias  – Portugal, Itália, Guiné, Angola) -, e de um momento de microfone aberto, em que os participantes são convidados a apresentar os seus próprios textos, em momentos de “microfone aberto” (sem competição).
 
Dia 20
Conversas Periféricas: Para que serve uma rede? | Intervenientes Convidados | LIVE
Horas: 16:00
Origem: Vários.
Duração: 90’
Para participar: conversasrede.periferias@gmail.com
Para assistir: Transmissão em Direto no Facebook do Chão de Oliva
Acesso: Livre
Sinopse:  A crise pandémica que vivemos veio agravar muitos dos problemas já existentes no meio cultural e, com as salas fechadas, agudizar ainda mais a sustentabilidade de muitos espaços culturais e coletivos. No meio destas adversidades, por outro lado, assistimos a um desabrochar de novas redes, grupos, cooperativas e iniciativas de união do sector. O Periferias-Primavera apresenta publicamente, neste encontro, a Descampado – Rede das Companhias de Teatro, sonhada em 2020 e formalizada em 2021. Neste encontro online, é aberto o debate ao público alargado sobre a importância de trabalharmos em rede e como se operacionalizam essas colaborações.
 

Triciclo/Fernando Arrabal | NINGUÉM TEATRO
Horas: 21:45 ESTREIA
Origem: Lisboa
Duração: 60’
Classificação: M/12
Para assistir: triciclo.periferias@gmail.com
Acesso:  €5*
Sinopse:  Em estreia nacional a peça O Triciclo, uma das peças mais emblemáticas de Fernando Arrabal, encenada pela companhia lisboeta Ninguém Teatro, conta a história de um grupo de marginais que tentam sobreviver numa sociedade desigual, hierarquizada, moral e politicamente opressiva, num desafiante jogo de sobrevivência e de procura da felicidade. Incapazes de se adaptar, Climando, Apal, Mita e o Velho da Flauta, vivem numa realidade destituída de qualquer moralidade e racionalidade. “O Triciclo” é um jogo de sobrevivência mas também de procura da felicidade. Humor, inocência, crueldade, poesia e, inevitavelmente, a morte.  
 
 
 
Dia 21 – Equinócio da Primavera & Dia Internacional da Marioneta
 PaPI-Opus 8 | COMPANHIA DE MÚSICA TEATRAL |
Horas: 11:00
Origem: Vila Nova de Famalicão
Duração: 45’
Classificação: M/3
Para assistir: papi.periferias@gmail.com
Acesso:  €5*
Sinopse: Deslumbrando os olhos dos mais novos com música e movimento, PaPI-Opus 8 é uma viagem ao mundo dos pássaros. De todos os pássaros, os reais e os imaginários, os das histórias, da poesia, da música, os que nos convidam a voar, os que cantam connosco. Começou a voar em jardins-de-infância e escolas porque é lá que encontra os meninos e as meninas com quem gosta de brincar. É ágil e colorido. Canta e viaja ao sabor dos sons e do movimento. A sua visita deixa vontade de o voltar a ver, mais tarde, nas vozes e mãos de quem o acolhe, sempre pronto a brincar.
  

Conversas Periféricas: A Arte das Marionetas em celebração | Intervenientes Convidados | LIVE
Horas: 16:30
Origem: Vários
Duração: 90’
Para participar: conversasmarionetas.periferias@gmail.com
Para assistir: Transmissão em Direto no Facebook do Chão de Oliva
Acesso: Livre
Sinopse: O Periferias celebra o Dia da Marioneta com duas Conversas Periféricas sobre a Arte das Marionetas: num primeiro momento com lançamento do livro “Marionetas e Formas Animadas – Teorias e Práticas”, dos autores Miguel Falcão e Catarina Firmo (coord.), que se apresenta como resposta ao apelo de revalorização das marionetas e formas animadas; e um segundo, em parceria com a Unima – Portugal, que convida os espectadores a participar num diálogo aberto e curioso totalmente dedicado ao tema do teatro contemporâneo de marionetas, sobre o seu potencial e perspetivas futuras.
 
 
Dia 21
Solo – Epiderme | NBC | LIVE
Horas 21: 45
Origem: Torres Vedras
Duração: 40’
Classificação: M/6
Para assistir: nbc.periferias@gmail.com
Acesso:  €5*
Sinopse: Este espetáculo será um dos primeiros a apresentar EPiderme, o mais recente trabalho de NBC, criado a solo durante o confinamento. As novas canções do músico trazem com elas uma nova versão de Timóteo Tiny, nas quais se ouve uma voz mais introspetiva, e menos interventiva, e letras com sentimentos muito concretos e profundos. Com um lirismo muito singular e, na sua totalidade, em versão acústica, este concerto será a montra de como o NBC se reinventou ele mesmo e do seu processo de amadurecimento.
Com três discos e dois EP editados, é autor de temas como “Segunda Pele”, “Espelho” ou o mais recente “Igual a Ti”, que conquistou o 2º lugar no Festival da Canção em 2019.
 
 
Após os espetáculos de Primavera, os restantes momentos do ano acompanharão o regresso à vida social e cultural com diferentes formatos: no verão, o festival sairá à rua e no outono e inverno retornará à programação em sala.


(*) Relembra-se que o valor de acesso aos espetáculos pagos é indicativo e flexível. Oferecemos a possibilidade de descontos para grupos, jovens, entre outros; bem como a possibilidade de contribuir com um valor superior