Informações-22 a 28 de março

Aqui enviamos notícias e sugestões culturais de interesse a ter lugar na semana de 22 a 28 de março.

Entretanto, enviem-nos a vossa agenda de eventos para que os possamos atempadamente sugerir e divulgar.

NOTÍCIAS

SINTRA NA APLICAÇÃO EUROPEIA CULTURAL GEMS

O Património Cultural de Sintra já se encontra disponível para consulta na aplicação Cultural Gems, uma iniciativa do Centro Comum de Pesquisa da Comissão Europeia com o objetivo de mapear locais culturais e criativos das cidades europeias.

Este projeto pretende captar a diversidade cultural e criativa das cidades europeias, com dados sobre os locais culturais selecionados do OpenStreetMap e informações fornecidas pelas cidades, universidades e outras organizações públicas e privadas.

A aplicação foi projetada para promover, recolher e tornar visível o desenvolvimento cultural das cidades, destacando os locais culturais e criativos mais escondidos, ajudando a fortalecer as pontes entre as cidades, a promover desafios comuns e o intercâmbio de conhecimentos.

A Cultural Gems assenta no pressuposto de que a cultura não é representada apenas por museus, cinemas, teatros, galerias de arte e outros locais institucionais, mas também pelo património histórico, religioso, ou mesmo espaços culturais informais, lugares de encontro onde acontece a criação artística e onde se toca música.

Encontre os lugares de Sintra AQUI

Saiba mais sobre esta aplicação AQUI

APOIOS DA DGARTES

Consulte no site da DGARTES tudo o que precisa saber sobre os apoios à Cultura nesta fase de pandemia em

https://www.dgartes.gov.pt/pt/destaque/3978

CANDIDATURAS AO PAMACS- CÂMARA MUNICIPAL DE SINTRA

Até 26 de Março

https://cm-sintra.pt/institucional/formularios/formularios-cultura

NOVOS MEMBROS DA REDE

Esta semana saudamos a adesão de 3 novos membros: André Filipe Ventura, Ardecoro e Diogo Barbosa. Perfis no site em AGENTES CULTURAIS.

ANIVERSÁRIO DA VOANDO EM CYNTHIA

Dia 27 de Março a Voando em Cynthia celebra o seu 13º aniversário. Parabéns antecipados e votos de sucessos culturais e artísticos.

AGENDA DA SEMANA-SUGESTÕES

CONFERÊNCIA DIGITAL MUSEUS E RESPONSABILIDADE SOCIAL

23 E 24 MARÇO

Online com o Facebook Live

https://www.facebook.com/events/1138091396641898

23/03 às 09:30 UTC – 24/03 às 13:00 UTC

Preço: grátis · Duração: 1 dia

Público  · Qualquer pessoa no Facebook ou não

No âmbito da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, a Direção-Geral do Património Cultural organiza a conferência digital Museus e Responsabilidade Social – Participação, Redes e Parcerias nos dias 23 e 24 de março de 2021.

Esta iniciativa integra uma série de três conferências do Trio de Presidências do Conselho da União Europeia (Alemanha, Portugal e Eslovénia), em torno do tema comum da relação entre museus e responsabilidade social. A primeira conferência realizou-se em 17 e 18 de setembro de 2020, no quadro da Presidência Alemã e a terceira terá lugar em 23 e 24 de setembro de 2021, no âmbito da Presidência Eslovena.

São parceiros da Direção-Geral do Património Cultural a NEMO – Network of European Museum Organisations e a Associação de Museus da Eslovénia.

A reflexão sobre a responsabilidade social dos museus está em linha com as prioridades da Cultura na Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, em particular no quadro de uma Europa Resiliente, Social e Global, pretendendo concorrer para o desenvolvimento de sociedades mais coesas e solidárias.

Na conferência portuguesa pretende-se abordar as questões mais relevantes que se colocam aos museus na perspetiva social e apontar possíveis pistas para o futuro, cruzando os domínios da cultura, da arte, da sociedade, da educação, da economia e do território. O foco nestes aspetos serve de base para discutir o que significa responsabilidade social para os museus no desafiante mundo de hoje, através da exploração de estratégias de promoção da participação, de construção de redes e de dinamização de parcerias, bem como de metodologias inovadoras de avaliação do impacto social dos museus.

CURSO HISTÓRIA DA MAÇONARIA EM PORTUGAL

24 DE MARÇO A 18 DE ABRIL

1ª sessão:  Introdução à Maçonaria, os Antigos (York) e os Modernos (GL Londres, 1717)

2ª sessão: Os primórdios da Maçonaria em Portugal; cerca de 1730; as duas Lojas de estrangeiros, a católica e a protestante

3ª sessão:A evolução da Maçonaria em Portugal ao longo do século XVIII

4ª sessão: A Criação da primeira Obediência maçônica portuguesa. o Grande Oriente Lusitano e as crises e cisões ao longo do século XIX

5ª sessão: A República e a Maçonaria portuguesa no século XX: da Ditadura à Democracia

6ª sessão: A Maçonaria em Portugal no século XXI –  cisões e novas Obediências

Todas as sessões do curso serão gravadas e disponibilizadas aos participantes inscritos, no canal Youtube do Centro Nacional de Cultura

Coordenação: José Manuel Anes
6 sessões; de 24 de março a 28 de abril
quartas-feiras, das 18h30 às 20h00
Preço: 120€ (sócio CNC) | 144€ (não sócio)

Para mais informações contactar Alexandra Prista
Tel: 965 271 877 ou e-mail: divulgacao@cnc.ptInscreva-se aqui

CURSO  NA CASA DO FAUNO-A TRADIÇÃO DO GRAAL EM PORTUGAL

Curso online, promovido pela Casa do Fauno, dias 24 e 31 de Março, e 7 e 14 de Abril, das 19h às 20h30m. Por Nuno Ferreira Gonçalves.

Preço por sessão 15€, 4 sessões 60 €.Inscrições Limitadas:
www.casadofauno.wordpress.com/inscricoes

Este curso oferecerá uma perspetiva clara do mito do Graal e do espírito iniciático de demanda no imaginário cavaleiresco português, com base em fundamentos simbólicos, filosóficos e históricos.

Apesar de vulgarmente identificado com o Cálice da Última Ceia, o Graal encerra no seu simbolismo essencial um conjunto muito rico de significações que transcendem largamente a esfera confessional e que fazem dele um mito de carácter arquetípico e universal. Acima de tudo, ele expressa a meta de uma demanda individual e colectiva que se faz pelos caminhos da interioridade, rumo ao termo escatológico da história e à consumação apoteótica do Império espiritual.PROGRAMA:

1ª Sessão | 24 Março

Fundamentos Arquetípicos, Simbólicos, Mitológicos e Históricos do Graal– Mito, polissemia e simbolismos essenciais
– Fontes pagãs céltico-germânicas
– O Islão iniciático, a cavalaria espiritual e a taça de Jamshîd

2ª Sessão | 31 Março

O Graal no Imaginário Medieval Português– Da cristianização do mito
– Da presença da matéria da Bretanha em Portugal
– D’A Demanda do Santo Graal e da Era do Espírito Santo

3ª Sessão | 7 Abril

Portugal ou “Porto do Graal”: Entre o Mito e a História– Os “guardiães do Graal” na génese templária de Portugal
– O Templo dionisíaco e a novel cavalaria de demanda
– A coroação do Imperador-menino e/ou a religião do Espírito Santo
– A Casa de Avis e a cavalaria naval de Sagres

4ª Sessão | 14 Abril

O Simbolismo do Graal e o Espírito Iniciático de Demanda em Camões e Pessoa– Os Doze de Inglaterra, ou a Távola Redonda joanina
– A ínsula divina e a dupla iniciação dos “argonautas” lusíadas
– A Princesa do Santo Graal, humano ventre do Império
– O Desejado, a nova Eucaristia e a revelação do Santo Graal

Nuno Ferreira Gonçalves é músico, teósofo, investigador e escritor. Há mais de duas décadas que se dedica ao estudo comparado das religiões do mundo e à mitanálise do património simbólico português, colaborando atualmente com o Centro de Estudos em Ciência das Religiões da Universidade Lusófona.

É presidente-fundador da Associação Cultural Espiritualista Manas Taijasi onde dirige um círculo de estudos teosóficos essencialmente dedicados à obra e pensamento de Henrique José de Sousa.

É autor dos títulos “Os Obreiros do Grande Ocidente” (Chiado, 2015), “Os Mistérios do Verbo” (Chiado, 2016), “História Secreta da Ordem de Avis” (Zéfiro, 2019) e de dezenas de artigos esotéricos em revistas da especialidade. Participa regularmente como orador em conferências, simpósios e congressos.Valor:Por sessão: 15 Euros
Ou total: 60 Euros

CONCERTO DE JOSÉ BARROS NAVEGANTE

26 DE MARÇO

Depois de 25 anos desta experiência musical em nome individual, em 2020, José Barros Navegante, originários de Sintra, assinalam esta data com um novo espetáculo que culminará também em disco.

25 anos 25 cantigas é um espetáculo que percorre toda a sua discografia, selecionando não apenas os temas mais emblemáticos, mas também aqueles que, não tão conhecidos, são parte da identidade musical de José Barros.

Identidade esta que se funde na criação, ou recriação, de temas tradicionais, respeitando as raízes, mas não esquecendo o presente, onde a viola braguesa, o cavaquinho, o bandolim, o violino, o acordeão ou concertina, as flautas, as gaitas-de-foles e percussões tradicionais portugueses têm todo o espaço e são coprotagonistas.

Deste espetáculo poder-se-á dizer que é triste ou alegre, de amor ou de escárnio, de tempos novos ou velhos. Mas é, com certeza, música portuguesa

 A Câmara Municipal de Sintra apresenta, no canal de Youtube da autarquia e na plataforma do projeto Mural 18, o concerto de José Barros Navegante no dia 26 de março, pelas 21h00. 

70 minutos (sem intervalo).

JOÃO DA EGA, AMIGO E CONFIDENTE-ÉTER CULTURAL

27 DE MARÇO

A ÉTER oferece aos Sintrenses e a todos os que amam Teatro, encontros virtuais com os personagens dos espetáculos que não conseguiu apresentar presencialmente em 2020, inseridos no programa TPS – Teatro e Património em Sintra.

Convida, assim, a assistir na  página online do Facebook, dia 27 de Março de 2021 – Dia Mundial do Teatro – à Curta “João da Ega – Amigo e Confidente” a partir de “Os Maias” de Eça de Queirós.
Acesso no Facebook da ÉTER nos dias 27 e 28 de Março de 2021.

FB ÉTER – TPS 2020

redeculturaldesintra@gmail.com